difusão


O meu ponto de difusão surge na difusão entre o céu e o mar.
Entre o dia e a noite.
Entre mim e eu.










António Martinho em Não seduzir

 

Share/Bookmark

10 comentários:

nelinha disse...

pequena alteração:

http://visto-do-meu-ceu.blogspot.com

bjinho

Hanah disse...

Olá Felipe,

Atenta apenas....


bjo

Boa semana para ti...

P.s: o post está maravilhoso


bjinhos

Dois Rios disse...

Olá Filipe,
Achei o teu blog num desses acasos da Internet e achei-o lindíssimo. Por certo ele será o meu ponto de difusão.

Bjs,

Vieira Calado disse...

No deserto?
Belo poemeto!
Um abraço

isabel victor disse...

Até breve. Breve tão breve como o teu ponto de difusão. Entre ti e tu


:))

Adorei, a brevidade deste instante


iv*

Nilson Barcelli disse...

Confesso que eu também sou difuso.
Quando não, até confuso...
Mas sempre é melhor do que ser obtuso...

Abraço

Pérola disse...

Filipe,

Não somos todos?
Demasiado?

Por vezes tanto por culpa nossa, outras porque a vida não nos deixa.

Bjs.

Hanah disse...

...a namorar essa serpente ...


bjos

Hanah disse...

...a namorar essa serpente ...


bjos

Pérola disse...

:p

Não há posts novos?